Seu Propósito: Contribuir para a tomada de consciência da importância em desenvolver as forças vibratórias indispensáveis a uma vida plena , em conexão profunda com a Natureza e o Universo. Promover um diálogo fraterno entre culturas e civilizações sem descurar a necessidade de formas novas e consequentes de emancipação social.

Jacques Houart, Antropólogo, 70 anos, belga, Professor Universitário Aposentado, deu aulas durante longos anos na Universidade de Coimbra e vive no Porto.
Desde muito jovem que caminha a par com a dança, a música, a espiritualidade e a antropologia. Sua natureza fraternal sempre o colocou ao lado de movimentos de causas humanitárias e diálogos de culturas.
Apaixonado pela história da humanidade, o seu sonho é vivenciar uma Humanidade Unida, em Harmonia com o Universo e com a Natureza. Homem criativo, sensitivo e imaginativo, aplica o seu conhecimento académico, experiência de vida e tempos livres, em atividades de desenvolvimento humano, promovendo novas práticas preventivas e curativas, inspiradas por sabedorias indígenas.
Inspirado nas tradições dos povos indígenas e alinhado com o seu propósito de vida e missão de alma, vai contribuindo para o fortalecimento do respeito por culturas diferentes, promovendo também condições de vida dignas para todos os “seres sencientes”.

  • Doutorado em Antropologia;
  • Professor Aposentado da Universidade em Coimbra;
  • Professor de Antropologia do Corpo; Antropologia da Performance; Antropologia Médica aplicada à Clínica e à Saúde pública na Universidade de Coimbra, Portugal;
  • Professor no Mestrado em Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Coimbra;
  • Terrenos Principais de Pesquisa:
  • Antropologia Médica;
  • Medicinas Alternativas e Complementares;
  • Movimento – Respiração – Emoções;
  • Membro da ADTA – American Dance Therapy Association;
  • Membro da SHA – Sound Healers Association;
  • Realizou Conferências, Palestras, Workshops.